sexta-feira, 25 de julho de 2014

ACUSADO DE VÁRIOS ROUBOS A ÔNIBUS NA ROCAS É ASSASSINADO COM VÁRIOS TIROS







Um adolescente identificado apenas por Yure da Rua do Motor de 15 anos, acusado de vários roubos a ônibus no bairro das Rocas e Praia do Meio na zona leste de Natal, foi executado por volta da 18:40 horas dessa sexta 25/07/2014 com vários disparos de arma de fogo na Rua São Sebastião no Bairro das Rocas. Segundo informações de policiais do 1º BPM que fizeram o isolamento do corpo por dois homens que estavam em bicicletas e fugiram em seguida.

Alguns populares que não quiseram se identificar, disseram que  os atiradores que mataram Yure começaram à seguir o mesmo da Rua Doutor Miranda já efetuando disparos sendo que um dos tiros acertou um veículo gol que estava na linha de tiro e que no momento não tinha ninguém no mesmo e só depois alcançaram a vítima na rua São Sebastião onde ele foi morto.

A vítima era órfã de pai e mãe e residia com um parente na Rua do Motor no bairro Praia do Meio, e há muito tempo vinha praticando vários delitos na comunidade e segundo informações da policia, ele teria era suspeito de ter se envolvido recentemente juntamente com outros jovens, de um roubo de um veículo Vectra que foi perseguido pela policia e abandonado no bairro de Santos Reis em Natal e os ladrões fugidos sem serem pegos.


O chefe de investigações da 2º DP de Brasília Teimosa disse que as empresas de transportes coletivos de Natal mandaram para a delegacia vários vídeos onde aparecem Yure roubando sobre grave ameaça os ônibus, sendo que os mais recentes dias 12 e 16 desse mês na Rua Belo Horizonte nas Rocas e que foi enviado um relatório para a DEA para ser apurado. Em uma matéria da TV Tropical Yure deu uma entrevista quando foi apreendido na 2º DP,  falando que tinha assinado sua carteira do crime e que iria continuar a praticar os delitos. O corpo foi periciado pelo ITEP e conduzido ao órgão e as investigações desse homicídio ficarão a cargo da 2º DP de Natal.


TRISTE COM O FALECIMENTO DO POLICIAL CIVIL NABIL, EX-MORADOR DA RUA CAFÉ FILHO NAS ROCAS

                   



A Diretoria do SINPOL-RN lamenta e, de maneira enlutada, emite uma nota de pesar pela morte do Agente da Polícia Civil Nabil Eduardo Gomes, de 37 anos. O policial estava com leucemia e faleceu na noite desta quarta-feira (23), por volta das 23h30.

O APC Nabil Eduardo era lotado na Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DEPREMA). “Lamentamos profundamente a morte de um colega e de um policial dedicado à sua profissão. Que, neste momento, Deus conforte os amigos e familiares de Nabil”, afirma Djair Oliveira, presidente do SINPOL-RN.


ATENÇÃO CICLISTAS, CUIDADO COM OS ASSALTANTES EM NATAL AO PEDALAREM A NOITE

ty4324t23

              66_5



Se os natalenses estão cada vez mais receosos em saírem de casa pelos constantes atos de violências que são registrados todos os dias na capital do Rio Grande do Norte, a “fama” de município inseguro de Natal vai chegando até outros Estados. Na noite dessa quarta-feira (24), dois paraibanos tiveram uma experiência nada agradável na cidade.
De acordo com o relato da esposa de uma das vítimas, por volta das 21h30, na Rota do Sol, em Ponta Negra, Zona Sul de Natal, o marido dela, juntamente com o cunhado, estavam pedalando próximo à Barreira do Inferno quando foram surpreendidos por assaltantes. Em uma página de uma rede social, a mulher relatou os momentos de terror que o marido passou.
“Venho aqui deixa essa mensagem em um momento de grande tristeza. Sou do grupo do pedal e meu esposo também é um adepto dessa arte. Somos de João pessoa na Paraíba-PB, mas temos família aqui em Natal. Hoje dia 24/07/2014, por volta das 21:30, na Rota do Sol, próximo à Barreira do Inferno, meu esposo, junto com meu cunhado, foram assaltados e permaneceram com eles (os bandidos) dentro do mato por quase 1:00 hora sob uma grande tortura”. Ainda no depoimento, a mulher aconselha os outros ciclistas a terem cuidado. “Por favor, alertem toda a galera do pedal para terem cuidado e também se possível divulgar para que possamos ter noticias das Bikes. É uma KHS3000ELITE equipada com acessórios XTR de com amarela e outra é uma Proshok”.
De acordo com Hiram Lima, que é ciclista e também tem o costume de utilizar aquela rota para pedalar, assaltos naquela região são comuns. “Nós procuramos utilizar rotas diferenciadas diariamente. Porém, todas terças e quintas os ciclistas vão para a Rota do Sol. São mais de 300 pedalando por ali. Apesar da grande quantidade de pessoas circulando, os assaltos naquela região são comuns. Infelizmente o policiamento não é eficaz e fica fácil para os bandidos agirem”.
Ele alegou que seria simples inibir a ação dos criminosos naquela região. “Se tivesse, pelo menos, uma viatura que passasse por ali com alguma frequência, mas nem isso acontece. Nós pedalamos por ali e dificilmente encontramos alguma viatura passando pelo local. Quando passa ela vem uma vez e depois passa um longo tempo ser aparecer. Os criminosos sabem disso e por isso acabam aproveitando essa situação para cometerem assalto”.
Um ciclista postou um desabafo ontem no seu facebook, narrando momentos de tortura que alguns ciclistas passaram nas mãos dos assaltantes durante mais de uma hora.

Eles foram levados para dentro do matagal e ficaram sob a mira dos bandidos, que no final fugiram levando suas bicicletas.




quinta-feira, 24 de julho de 2014

TIROTEIO NO VIETNÃ DEIXA UM ADOLESCENTE BALEADO

                              



Mais um tiroteio na noite dessa quarta 23/07 tirou a paz e o sossego dos moradores das comunidades da Brasília Teimosa e Vietnã na zona leste de Natal, deixou o saldo de um jovem baleado. Segundo informações, um dos atiradores estava com uma espingarda calibre 12.


 O jovem foi socorrido a um hospital e passa bem. Qualquer informação ligar para o 3232-1555 da 2º DP de Brasília Teimosa.



segunda-feira, 21 de julho de 2014

MENSAGEM


JÁ PASSAM DE 1000 O NÚMERO DE HOMICÍDIO EM 2014 NO ESTADO

OS NÚMEROS DÃO UMA MÉDIA DE 4,7 HOMICÍDIOS POR DIA, MAIS DE 100 HOMICÍDIOS JÁ FORM REGISTRADO SÓ NO MÊS DE JULHO DE 2014











O Rio Grande do Norte alcança a lamentável marca de 1.000 homicídios nesta sexta-feira, 18 – e ainda foram somados mais três casos até a manhã deste sábado, 19. Comparado ao mesmo período do ano passado, foram 11% a mais de mortes associadas a ação criminosa. Somente na Região Metropolitana de Natal ocorreram  605 homicídios, e na capital potiguar 336. 

Os dados são da Comissão Estadual de Direitos Humanos, com informações da guia de delegados, boletins de ocorrência e entradas no Instituto Técnico-Científico da Polícia do RN (Itep).

Entre a nongentésimo e milésima vítima houve um curto período de apenas 16 dias. Em julho já ocorreram 103 homicídios no Estado, apresentando uma taxa de mais de 5 mortes por dia neste mês. A morte número mil foi o caso do  suspeito de assalto, Kledson Hananel de Lima Fernandes, 23, que morreu após troca de tiros com a Polícia Militar, entre Parnamirim e São José de Mipibu. Mas, a mais recente, até o fechamento desta edição, foi o caso em Nova Descoberta. Wanxsoel Derik França Teixeira,  24 anos, já respondia por um homicídio e foi morto após briga em festa junina no bairro. 

Destes homicídios, 85% foram vítimas de arma de fogo, 8,3% de arma branca, 2,2% dos casos foram vitimadas por espancamento, e a mesma proporção foram usados outros métodos não catalogados pela pesquisa. Já, 1,4% de ações contundentes com objetos, como pedras, paus, barras de ferro.

Das vítimas identificadas, a maioria é homem, solteiro, negro, e da região leste do Estado, com 63% dos casos. Onde, inclusive, está localizada Natal, a cidade com maior índice do crime em todo o Estado. Quase 60% das vítimas pertencentes à faixa etária compreendida entre 15 e 29 anos de idade, as acima dessa faixa 32,3%, ou seja, 61,1% pertenciam à população jovem do Estado.

Somente a capital potiguar computa 336 – a segunda cidade colocada é Mossoró com 98 casos. Sendo seguido por Parnamirim com 84, São Gonçalo do Amarante com 46, Macaíba com 35. Nestas estatísticas da Comissão, mais de dez casos não fazem parte do estudo, por falta de informações de confirmação.

Para Ivênio Hermes, pesquisador da Comissão de Direitos Humanos do RN, os índices mostram a necessidade de se repensar as ações de segurança no Estado. “Esse aumento de onze porcento significa que as políticas públicas criadas para o Estado não tem funcionado. As autoridades já deviam ter repensado suas ações”, avalia. 

Para ele, a interiorização não “existiu”, foi apenas “uma troca de efetivo. O aparato tecnológico do ITEP também não teve sucesso, pois “continua sem os equipamentos e precisando enviar exames de dna para outros estados”. Ele ainda alerta que falta policiamento ostensivo e diferenciado, especialmente utilizando as estatísticas.


Matéria de Daísa Alves no Tn Online


RESTAURANTE É ASSALTADO NA PRAIA DOS ATRISTAS EM NATAL





Uma churrascaria foi assaltada na manhã desta segunda-feira, 21, na 'Ponta do Morcego', área da Praia do Meio, na zona Leste de Natal. Segundo a Polícia Militar, dois homens renderam funcionários que chegavam para trabalhar e levaram o dinheiro do setor financeiro do estabelecimento. O valor roubado não foi divulgado. 

Ainda de acordo com a PM, o crime aconteceu por volta das 6h30. Os suspeitos chegaram em um veículo Honda Civic prata e renderam o gerente e alguns funcionários que chegavam ao local. Os bandidos encaminharam os reféns ao setor de administração e praticaram o assalto. 

A dupla recolheu cheques, todo o dinheiro apurado no fim de semana e parte da quantia que seria usada para o pagamento de funcionários. A Polícia suspeita que, pelo modo como a ação criminosa ocorreu, os bandidos sabiam onde estava o montante e como deveriam proceder dentro do estabelecimento. Os criminosos também levaram o aparelho que armazena as imagens gravadas pelas câmeras de segurança. 

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE conversou com funcionários da churrascaria, que confirmaram a ação criminosa. Eles também declararam que os arquivos foram recuperados via satélite e encaminhados à Polícia. 

A Polícia realizou diligências pela região, mas, até o momento, ninguém foi preso.